Recife, Brasil (2015)

Pintar um painel em uma das laterais do prédio da Prefeitura de Recife se provou um desafio triplo para Kobra. Em primeiro lugar, pelas dimensões da obra: com 77 metros de altura, seria a maior da América Latina em um prédio. Além disso, a pintura deveria ser feita sobre uma superfície tridimensional – a estrutura que protege a escada externa do edifício, exigindo uma concepção especial de desenho. Por último, mas não menos importante, era preciso superar uma barreira técnica: engenheiros afirmaram que, diante das especificidades do espaço, seria impossível montar um aparato para que o artista e sua equipe pintassem a obra com segurança. Kobra insistiu e arquitetou um sistema com cabos presos na base oposta do prédio, obtendo, finalmente, a aprovação técnica. Com isso, a imagem do sanfoneiro Luiz Gonzaga tornou-se um novo cartão-postal do já belíssimo cenário da capital pernambucana: os passeios de barco pelo rio Capibaribe tiveram até sua rota alterada para permitir que os turistas admirem de perto o Rei do Baião em sua versão grafite.

previous arrow
next arrow
Full screenExit full screen
ArrowArrow
Slider