Tóquio, Japão (2016)

Pouco antes dos jogos Olímpicos no Rio, em 2016, Kobra decidiu retratar em Tóquio, sede das Olimpíadas de 2020, alguns dos símbolos da Cidade Maravilhosa. Primeiro, pintou Tom Jobim e Vinicius de Moraes. Depois, preparou uma composição com o Cristo Redentor e as calçadas de Copacabana. Para que os japoneses desfrutassem da facilidade de ver e fotografar esses ícones brasileiros sem precisar sair da capital japonesa, o artista teve dias difíceis. A confecção do mural do Cristo foi uma das mais trabalhosas de sua carreira, já que a prefeitura concedeu permissão para pintar apenas nas madrugadas: o horário de expediente de sua equipe era da meia-noite às cinco da manhã.

previous arrow
next arrow
Full screenExit full screen
ArrowArrow
Slider